Quimilokos de Plantão!

Google+ Followers

Buscador QUIMILOKO! [pesquise no próprio Blog e na WEB]


Dúvidas?! Entre em nosso Bate Papo Quimiloko!

Atividade referente ao filme e ao livro "O Perfume - a história de um assassino"

Olá pessoas!
Estou acabando de disponibilizar para vocês, as Atividades referentes ao Filme e ao Livro "O Perfume", trabalhados em aula, e que deverão ser entregues no dia 03/03/2010 juntamente com o Fichamento do livro.
Segue logo abaixo a versão em PDF das referidas atividades.



Um forte abraço a todos!
E, um bom trabalho!!
=]

QuiD+ :: Site Infanto-juvenil da SBQ com Química para ler e sonhar!

Bom dia pessoas!
Todos prontos para recomeçarmos?!
Então vamos lá!
=]
Estava atualizando a leitura de meus e-mails aqui, e recebi do ProfºEsteban Moreno, da Comunidade Professores de Química, do google, da qual participamos, um link essencial que não poderia deixar de postar a vocês.
Trata-se do QuiD+ , um site da SBQ [Sociedade Brasileira de Química] voltado para crianças e jovens de uma forma geral!
Usando os termos recebidos pelo e-mail: "O portal "QUID+: o site infanto-juvenil da SBQ com química para ler e sonhar" faz parte das atividades comemorativas do Ano Internacional da Química, AIQ-2011. Esta mais nova empreitada da SBQ, coordenada pela primeira secretaria Profa Claudia Rezende, da UFRJ, contou com o apoio das secretarias regionais e tem como objetivo retratar a química numa forma simples e lúdica. A meta é aproximar a garotada, mostrar que a química não é bicho-papão e que, ao contrário, pode ser divertida e extremamente interessante. Convidamos a todos a acessar o portal pelo endereço: http://quid.sbq.org.br/ . Críticas, sugestões e colaborações são muito bem-vindas."
Ah sim, o site traz também dois mascotes, Bia e Pedro, representados na imagem ao lado, que são nossos guias no site.
Vale a pena dar uma conferida!!
Um forte abraço a todos!
.
P.S.: Meus[as] queridos[as] alunos[as]!!! Como vai a leitura e o fichamento do livro "Perfume - a história de um assassino"?!
Espero que estejam terminando, hein!
Ainda temos muito o que trabalhar no decorrer deste ano!
Beijinhos!!
.

Níver do meu filhote!^^!

Olá pessoas!
Um bom dia a todos!
=]
Bom, hoje é um dia muito especial: é o aniversário do meu filhote!
4 aninhos, dá pra acreditar?!
o.0
A vida não corre não...ela voa!!!
hehehehehe!
Na quinta-feira fizemos uma festinha pra ele com os[as] amigos[as] dele do Colégio. ^^! Foi uma graça! Ele adorou!
Hoje, teremos um almoço em família, já já!
.
Gostaria de deixar algumas observações aqui também, que tentei postar ontem e acabei perdendo tudo, rssss.
Em primeiro lugar, expressar minha alegria pela vitória da Unidos da Tijuca no Carnaval deste ano, pois como já havia dito antes, foi um desfile magnífico[apesar de meu coração Beija-Flor!^^!].Vitória mais que merecida!
Em segundo lugar, gostaria de deixar algumas observações acerca de literatura!hahaha!É até engraçado alguém, da área de exatas falar algo sobre livros literários.Mas, quem me conhece de verdade sabe o quanto sou apaixonaaaaada por livros!
Na verdade acho que é um vício mental! Não sei ficar com meu cérebro quieto, rsss, e acabo lendo um livro por semana, ou a cada 15 dias, mais ou menos.Depende do dinheiro para comprar, ou do que tiver disponível na biblioteca do colégio para pegar emprestado!
kkkkkkkk!
Enfim, descobri uma escritora, meio que por acaso, e acabei me apaixonando pelo tipo de livros dela: TESS GERRITSEN.
Quando digo que descobri por acaso, é que no final do ano passado, ao brincar de amigo secreto no CPMG-Ayrton Senna, com a turma do 3ºano I, ganhei um livro do Harry Potter[diga-se de passagem o único que me faltava para a coleção!Rsss!Siiiiiiim!Eu gosto de Harry Potter!] e, brincando com o 3ºH também ganhei um livro: o mesmo!Rssss!
Conversando com minha amiga Elisângela, ou Cérebro[rssss], que me presenteou com um deles, resolvi trocar o outro, pois ela não havia comprado em Goiânia e seria difícil trocá-lo.
Enfim, fui na Livraria Páginas Antigas, inteirei o dinheiro, e troquei o Harry por outros dois: "Os homens que não amavam as mulheres" e, "O Jardim de ossos". O primeiro eu já conhecia e havia ouvido falar, mas o segundo, não. E foi justamente neste que me prendi: "O jardim de Ossos" de Tess Gerritsen. Me apaixonei 'de um tanto' pela narrativa que, há 15 dias comprei o "Gravidade", também da Tess! E, sinceramente, estou encabulada até agora com o livro! Suei, gritei, chorei, deixei de respirar junto com os personagens, viajei pelo espaço, aprendi sobre genética e geologia! E, já estou em busca dos demais livros dela! Rssss! Aliás, aceito doações! kkkkkkk!!!
Bom gente, chega né?!
Já falei demais por hoje!
Mas, sinceramente, quem puder e tiver oportunidade de ler algo da Tess, não tenha dúvidas, LEIA!
.
Um forte abraço a todos!!
E, deixa eu ir pro almoço em família!
Um ótimo início de semana!!!
BlogBlogs.Com.Br

Carnaval!

Olá meus[as] queridos[as]!
Não sou do tipo de pessoa que morre por conta do feriado de Carnaval, que sai pelo mundo a fora atrás de folia; na verdade é realmente uma das datas das que mais aprecio, mas muito mais pelo sossego [ao menos aqui em Goiânia!Rsss], porque todo mundo [ou quase todos] viajam para algum lugar, então aqui fica uma paz que só...dá pra deitar na rua e tirar um cochilo! hehehe!

Falava com minha irmã hoje mais cedo acerca dos desfiles das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, dessa noite e, como meu filho é 'doente' por super-heróis, ela estava me falando acerca do desfile da Unidos da Tijuca, que contou com uma ala inteirinha de Super-Heróis, e um carro com Batmans e Homens-Aranha!
Então não podia deixar por menos! Vim correndo aqui pro PC procurar o vídeo, e apesar de ter o coração mais pra Beija-Flor, e um marido mais pra Mangueira, acabei me encantando pela Unidos da Tijuca deste ano!!
Aproveitando que estamos em clima de festa, deixarei logo mais o vídeo para que quem não viu, possa apreciar!

p.s.: A demora entre o "ver o vídeo" e o "publicá-lo" aqui no QUIMILOKOS, foi diretamente proporcional ao tempo de retirada do meu filhote da frente do computador, após 5 visualizações do meeeeeesmo desfile! kkkkkkkk!



Desejo uma segunda-feira de muita paz, muito sossego e um bom descanso a todos!

Eu passeeeeei!!! =P

Meu Deus do céu!!
Só me lembro de ter ficado tão feliz assim quando soube da minha aprovação no Vestibular!
hehehehehe!
Mas, enfim, passei na Prova Escrita do Mestrado em Educação em Ciências e Matemática da UFG!!!!
Estou muito, muito, muuuuito feliz!!
^^!
Sei que ainda faltam algumas etapas para estar definitivamente "lá dentro", mas uma barreira já foi vencida! E isso me traz alívio e felicidade por demais!!!!!!
Desculpem, mas tinha que compartilhar com vocês!!!
Quem quiser ver a listagem completa dos aprovados até o presente momento, basta clicar na imagem acima!
Até mais, meus[as] queridos[as]!!
Bom final de sexta-feira!

Versão em PDF do livro "O Perfume - a história de um assassino"

Bom dia pessoal!
Recebi por e-mail a versão 'brasileira' em PDF, do livro "O Perfume - a história de um assassino", do aluno Mateus do 2ºano do CPMG-PMVR, e estarei disponibilizando a vocês, para que não fiquem presos ao tempo enquanto aguardam a chegada do livro para os que pediram pela internet, e para aqueles que não conseguiram encontrar de forma alguma para comprar, pois está em falta!
Segue logo abaixo esta versão, pela Editora Record:



Esta agora é a versão de Lisboa, pela Editorial Presença:


A escolha de qual das versões ler, depende de você mesmo, ok?!
Só não se esqueça de acoplar na Bibliografia do Fichamento.
Bom descanso no feriado que se aproxima!
Nada melhor que um bom livro!
=]
Um mol de abraços!!

Novo Material!

Olá, pessoal!
Como prometido, aí estão os outros dois arquivos a serem baixados, ou então copiados na Mecanografia do Colégio, ok galerinha dos 2ºs anos?!
Forte abraço a todos!!




Uma breve história da Química


Uma ótima tarde, pessoas!
Já é de praxe meu, iniciar minhas aulas de Físico-Química do ano fazendo um retrospecto histórico com meus alunos, e uma retomada desde Idade Média e Renascença, principalmente, seguindo uma evolução científica através dos tempos.
Bom, e é neste intuito que os convido a ler o livro "O Perfume - a história de um assassino", de Patrick Süskind. Desde que o filme foi criado, só veio a enriquecer esta história tão fascinante e, por conseqüência, minhas aulas[hehehe!].
Sabendo da dificuldade em encontrar o livro para comprar aqui em Goiânia[uma vez que já me notificaram que a UFG também o adotou], encontrei uma versão em PDF que pode ser baixada e lida em seu computador e, para que não fiquemos 'parados no tempo' esperando os livros chegarem para executarmos nossas atividades referentes ao mesmo, estou disponibilizando o link logo abaixo para quem quiser baixá-lo, ok?!


Versão do Livro em PDF, pela Editoral Presença, Lisboa, Portugal.

É claro que algumas palavras estarão diferentes, porque não é a mesma editora que estamos trabalhando em sala de aula [no caso a RECORD], no entanto, o contexto é o mesmo, e a história também não foi alterada, portanto nos é útil, ok?!
Estou deixando logo abaixo, também, o site oficial do Filme referente ao livro que, por sinal recebe o mesmo nome.

Perfume - site original

E, como não poderia faltar, um comentário acerca da obra e do autor!
=]
Bom, estava eu a navegar pela 'net' em busca de imagens para vocês, quando me deparei com uma reportagem de Elenilson Nascimento, no Jornal "O Rebate" sobre a história em si [tanto no que se refere ao livro quanto ao filme], e acabei por me identificar com muito do que ele diz, por isso optei por transcrever algumas de suas falas logo a seguir:


“ O PERFUME – A História de um Assassino” (lançado em 1985) foi considerado o livro da década de 80 na Alemanha. E só depois que alguém apareceu aqui em casa fazendo propaganda com estardalhaço do filme é que tive vontade de ler e acabei devorando (várias vezes) a obra de Patrick Süskind – um alemão careca de 57 anos e com nome de comida japonesa – que atualmente vive na Alemanha, raramente dá entrevistas ou aparece em público e ainda prefere levar uma vida isolada.
Contudo, antes mesmo de abrir o livro, já me intrigava com o seu título. E me perguntei: qual o rosto escondido por trás da máscara do protagonista? (ou seria melhor dizer antagonista?) Por que “ O PERFUME” como título de livro? Segundo os bastidores da música, até o Kurt Cobain era fã desse livro. Alguns críticos dizem que o falecido vocalista da banda de rock Nirvana usou trechos do livro de Süskind como inspiração, na época da composição do disco “In Utero” (1993), tanto que a música "Scentless Appretince" foi baseada nesse livro.
O romance escrito por Süskind conta a história de Jean-Baptiste , um homem que possui um olfato extraordinariamente apurado mas que não possui cheiro próprio, nem pudores, nem limites. O autor, por sua vez, fez um trabalho memorável ao descrever a Paris do século XVIII que é o cenário que nasce Jean-Baptiste – abandonado por sua própria mãe em meio às tripas de peixes, podridão e ratos. E quando acham seu corpo levam-no para um orfanato aonde, tempos depois, o menino cresce e todos que têm contato com ele acham-no repulsivo de uma forma estranha. O que ninguém percebe é que o corpo de Jean-Baptiste não tinha um aroma, e essa distinção é tão sutil que ninguém percebe diretamente na obra. A falta de cheiro de Jean-Baptiste pode ser vista mais tarde como um representante de sua falta de moral em um mundo no qual o amoral e o ético lutam para achar um denominador comum.

O ENREDO – Durante toda a sua vida Jean-Baptiste teve vários acidentes, doenças e chagas. Trabalhou como aprendiz de curtidor e depois como aprendiz de perfumista. Sua obsessão com cheiros é tanta e tão absoluta que, então com 14 anos, ele apresenta a si mesmo a um proeminente – porém falido – perfumista ( Baldini ) que o ensina a arte anciã de misturar óleos, dissecar e isolar aromas, e reduzir flores e ervas a seus óleos essenciais.
Um dia Jean-Baptiste encontra uma linda jovem de 12 anos com um perfume natural totalmente diferente de todos os outros que ele guardava na memória, e acabará por matá-la por assidente, com as suas próprias mãos, de tanto desejar apoderar-se do seu odor. Mas, esta jovem é apenas uma das muitas jovens que o protagonista mata (acho que 26 no total), em busca do perfume perfeito.
Jean-Baptiste é capaz de evocar as mais diferentes emoções no leitor, desde simpatia, curiosidade, repulsa e ódio, que mostra um profundo autismo ao aprender cheiros diferentes à sua volta como a maioria das crianças aprende o alfabeto, ou contam números no jardim de infância. Dessa forma, ele passa seus dias identificando e organizando os cheiros em seu mundo particular – parece um autista.

MUNDO DOS PERFUMES – A ação divide-se entre o mundo dos perfumes que serve para encobrir o mundo dos fedores, dos crimes, das mentiras e da hipocrisia que caracterizam a cidade de Paris no século XVIII – muito parecida com o que atualmente vivemos no Brasil com as suas CPIs. O livro, até pouco tempo considerado inadaptável para a linguagem cinematográfica, foi transformado em filme pelo também alemão Tom Tykwer (de “ Corra, Lola, Corra” ) e, segundo vários sites de cinema, o próprio Süskind negociou os direitos de filmagem com o produtor.
O filme contou com um elenco de celebridades, tais como o maravilhoso Dustin Hoffman , de belas mulheres, de uma bela fotografia e de um roteiro muito interessante. Jean-Baptiste foi interpretado pelo até então desconhecido ator Ben Whishaw . O orçamento da produção extrapolou o valor de 50 milhões de euros, segundo informações contidas no site da Deustche Welle , mas valeu a pena: o filme ficou muito bom.

SUI GENERIS – Quando os críticos e leitores sentiram pela primeira vez o aroma de “ O PERFUME” em 1985, ele prontamente tornou-se um best-seller internacional sendo traduzido para 37 línguas diferentes. O livro de Süskind é sui generis : meio horror, meio suspense, meio ficção histórica, meio erótico, meio repulsivo, meio romance, meio melancólico. Ao mesmo tempo que oferece muitos insights na mente do criminoso insano, também especula sobre o papel que o senso comum tem em nossas vidas.

Contudo, “ O PERFUME” é, sem dúvida, um romance muito estranho. Mais inquietante ainda é o fato de Jean-Baptiste ser desprovido de odor corporal, o que leva a sociedade a encará-lo com um misto de indiferença e mistério. Curioso é a maneira como o autor utilizou para descrever alguns personagens: o tosco Druot , que cheira a esperma e suor; as mulheres plácidas, feitas de mel escuro; Madame Arnulfi , a viúva cheia de vitalidade; e as virgens mortas de membros carnudos, lisos e firmes.
Todo este mundo irreal e de certa forma sobrenatural acaba por ser um pretexto que o autor utiliza engenhosamente a fim de explorar as paixões básicas que movem a humanidade: o erotismo, o poder, a necessidade de afirmação e a procura de si próprio, retratada aqui na busca do perfume ideal . E embora esta seja a história de um assassino, o próprio subtítulo o indica, os crimes acabam por diluir-se, como que desculpados pela pureza das intenções destituídas de qualquer tipo de moralidade. É por este motivo que o fim deixa um travo amargo, já que não se retiram conclusões e só a dúvida fica no ar.

MENTES ABERTAS – Apesar de muita coisa do livro ter sido dispensada na versão cinematográfica, “ O PERFUME” é um livro que deve ser degustado de mente aberta, deixando de lado preconceitos e juízos de valor, porque só assim se poderá apreender a beleza de caráter mórbido que se desprende das páginas e a crítica subjacente: quantos são frágeis e dependentes do “eu animal”.
Aquela parte onde o autor explica que o senhor Richis desejava ardentemente a sua própria filha, Laure , a ruiva, que ele desejava “deitar-se junto a ela, sobre ela, dentro dela, com toda a sua concupiscência e todo o seu desejo. E ele ficava a suar, e o os membros tremiam, enquanto sufocava em si esse horrendo desejo e se curvava na direção dela, para acordá-la em um casto beijo paternal” é de deixar os puritanos de cabelos em pé.

No final da história, Jean-Baptiste volta a Paris e é partido aos bocados e comido por pessoas devido ao efeito do perfume que tinha derramado por todo o corpo: um final trágico para o protagonista. E qual o significado desta morte horrível? Pode-se ter a falsa impressão de que o autor queira afirmar que os idealistas são consumidos pelas massas ou pela podridão que o sistema produz. Mas as últimas linhas do texto fazem pensar em algo diferente: “ ...seus corações estavam bem leves(...) . Pela primeira vez , haviam feito algo por amor ” (“O PERFUME – A História de um Assassino” de Patrick Süskind, traduzido por Flávio R. Kothe, 255 pp. 1985 - Editora Record)

Por fim, e para não me delongar mais, deixarei o clipe da música do Nirvana, sugerida pelo Elenilson Nascimento, que teve o livro O Perfume como fonte de inspiração.



E, também o arquivo a ser baixado, referente aos resumos de conteúdo em aula, acompanhado das questões a serem resolvidas no caderno de sala, ok?!

No mais, por hora é só, meus [as] queridos[as]!
Um Mol de abraços a todos!!!
Loading...