Quimilokos de Plantão!

Google+ Followers

Buscador QUIMILOKO! [pesquise no próprio Blog e na WEB]

Pesquisa personalizada

Dúvidas?! Entre em nosso Bate Papo Quimiloko!

Feliz Natal!



Pu-239

Olá pessoas!
Uma vantagem quando se tem TV a cabo é acabar descobrindo filmes fascinantes sem mesmo ter ouvido falar deles anteriormente!
Na situação em que me encontro [o tal resguardo], onde não posso fazer nada que todo mundo fica me policiando, imagina quantos filmes já não assisti!
o.0
Essa semana fui surpreendida com um tal Pu-239 [alguém de vocês o conhece?!]e, já louca para assisti-lo novamente, eis que hoje ao final da tarde estava passando de novo e, outra vez o assisti e, tenho a convicção de que o assistirei mais quantas vezes passar, até eu o encontrar para comprar! hehehe!!
SIM! É daqueles que realmente vale a pena!
Pesquisando sobre ele, encontrei o comentário logo abaixo aqui na internet [especificamente em: http://50anosdefilmes.com.br/2008/pu-239-the-half-life-of-thimofey-berezin/], e resolvi compartilhá-lo com vocês, pois fala muito do que também pude perceber no filme.
"Uma visão da vida nos escombros do império soviético – aterradora, apavorante, inquietante, assustadora.
Denso, forte, pesado, o filme consegue de tal forma criar um clima de horror que chega a dar engulhos, mal estar. E isso assim porque eu vi no quarto, antes de dormir, praticamente sem som, e cansado. Estava zapeando, o filme estava para começar, quis ver o lead – e não dava para parar. Do elenco, eu só conhecia Rhada Mitchell, essa moça de beleza deslumbrante; toda a apresentação vem no fim, e só então vi que Steve Soderbergh e George Clooney são produtores executivos.
O filme pega muito pesado no clima de fim de feira da Rússia pós-comunismo, um país aprendendo, da pior forma possível, a virar capitalista – mais ainda do que o ótimo O Senhor das Armas. Mostra as gangues, as máfias, o crime solto, a violência gratuita, o abuso da quase escravidão das belas mulheres à venda – tudo, na verdade, está à venda, as mulheres, as consciências, os restos do arsenal bélico soviético, até o plutônio produzido na usina nuclear com projeto militar secreto.
Esse Paddy Considine, que eu não conhecia, está muito bem no papel principal, o do engenheiro químico que bem no início da narrativa recebe uma descomunal dose de radiação na usina, não consegue acordo algum com os patrões para garantir o futuro da mulher (Rhada) e do filho, e, no desespero, rouba 100 gramas de plutônio (o Pu-239 do título) para vender no mercado negro de Moscou, onde tudo, absolutamente tudo se vende.
É um filme para rever – apesar de toda a dureza apavorante que conta e mostra."

PU-239/The Half Life of Thimofey Berezin
De Scott Z. Burns, EUA, 2006.
Com Paddy Considine, Rhada Mitchell, Oscar Isaac,
Roteiro Scott Z. Burns
Baseado no conto de Ken Kalfus
Cor, 97 min

Espero ter deixado ao menos um pouquinho de "água na boca" de vocês! Como eu disse no início assisti e assistirei quantas vezes puder! E, meus alunos que me aguardem ano que vem! hehehehehe!!
Vale a pena, meus queridos quimilokos de plantão!
Então, após ler esta postagem, corra até a locadora mais próxima e procure para assistir!
Bom, por hora é só!
Um mol de abraços a todos!!!

Extração de Nióbio em Catalão

Boa noite pessoas!
Na manhã do dia 13 de dezembro último, estava com minha filha e, assistindo ao Bom Dia Goiás, fui surpreendida com uma reportagem sobre a Extração de Nióbio em Catalão! E, como boa química que sou e, claro, "goiana do pé rachado", não poderia deixar de trazer à vocês essa reportagem.
Segue logo mais:


Bom, um pouco sobre o elemento químico nióbio agora.
"O elemento nióbio, de símbolo químico Nb, é um metal de transição que, com o vanádio e o tântalo, integra o grupo Vb da tabela periódica. Unido ao tântalo, ocorre em minerais como a columbita e a tantalita. A separação dos dois metais é difícil, pois apresentam propriedades muito semelhantes.

Em 1801, o químico inglês Charles Hatchett descobriu numa amostra de minério extraído na região americana da Nova Inglaterra, e deu-lhe o nome de colúmbio. Em 1844, o alemão Heirich Rose distinguiu no colúmbio dois elementos distintos, e chamou-os tântalo e nióbio. O nome colúmbio, no entanto, continua a ser usado pela indústria metalúrgica americana para designar o nióbio.

Em estado puro, o nióbio é maleável e dúctil, de cor branca brilhante, parece-se com o aço e, quando polido com a platina. Embora tenha ótima resistência à corrosão, é suscetível à oxidação acima de 400º C. É usado em ligas, imãs supercondutores e, em pequenas quantidades, em aços inoxidáveis para evitar corrosão intergranular."




[FONTE: Tabela Periódica.org]
.
Bom, espero que as informações aqui contidas lhes sejam úteis, ou ao menos interessantes!
.
Um mol de abraços a todos!
.

Notícias

Boa tarde, pessoas do meu coração!
Quanto tempo, não é mesmo?!
Hoje quero pedir licença, pois não trarei nenhum conteúdo, ou aula, ou coisas parecidas...
Enfim, hoje venho trazer notícias, sinal de vida [rssss] a vocês!
Bom, como a maioria sabe [ao menos meus alunos e os amigos que passam sempre por aqui], eu estava grávida, e a previsão de nascimento de minha filhota era final de dezembro!
Acontece que a mocinha teve que vir ao mundo um pouquinho mais cedo, pois eu estava inchada demais da conta, e a minha circulação estava comprometendo a dela...enfim [!] fui levar resultados de exames ao médico e tive pouco mais de 2h horas pra voltar em casa e organizar tuuuuuudo para a cesária naquele momento!
SIM!! Me desesperei, afinal ainda era dia 29 de novembro, e meu médico já foi avisando que precisava de UTI Neo Natal...Aliás, só tenho a agradecer a Deus por ter colocado o Dr.Samir em meu caminho! Muito sensato ele! Iluminado!
Bom, logo que nasceu, como previsto, minha pequena Ellen teve que ser encaminhada para a UTI Neo Natal. As pessoas tentam nos passar sua solidariedade, mas só quem passa por uma situação assim sabe o que está sentindo...E os dias se passaram...eu recebi alta e ela não...a situação fica pior ainda! Por mais que as pessoas, os amigos, os familiares tentem amenizar a situação, não peça para uma mãe descrever a sensação de gerar um filho, de vê-lo nascer...e não poder levá-lo pra casa junto de si...Foram dias angustiantes!
Mas, graças a Deus, depois de 9 dias hospitalizada, minha Princesa pode vir pra casa!
Aí vocês imaginam a felicidade!!
Sim, claro, felicidade, mas ainda com pontinhas e mais pontinhas de preocupação! Afinal, ela é uma prematura!
Mas a cada dia que passa ela tem se recuperado mais e mais!
Bom, acho que já foram notícias demais, não?!
Rssss!!
Aos poucos, entre uma mamada e outra, irei atualizando aqui, ok?!
Não se preocupem! O QUIMILOKOS não será abandonado!
=D
Pra finalizar, vou deixar uma música que venho cantando pra minha Ellen desde que estava ainda em minha barriga!


Um mol de beijos a todos!!!
Loading...