Quimilokos de Plantão!

Google+ Followers

Buscador QUIMILOKO! [pesquise no próprio Blog e na WEB]

Pesquisa personalizada

Dúvidas?! Entre em nosso Bate Papo Quimiloko!

Grafeno na Ciência Hoje - on line

Olá pessoas!
Como sempre, 'fussando' aqui na net, encontrei um assunto bem interessante para estar dando um certo enfoque a vocês! A Revista Ciência hoje traz essa semana uma matéria na coluna "Do Laboratório para a Fábrica", que aborda sobre o GRAFENO.
Aqui no QUIMILOKOS, falar sobre grafeno não é novidade, pois já falamos uma vez sobre ele em Grafeno é confirmado o material mais forte que existe, "[...]O grafeno consiste em uma estrutura hexagonal de átomos de carbono, similar à dos favos de mel de uma colméia, mas com apenas um átomo de espessura. Como um material bidimensional, todos os seus átomos estão expostos na superfície. Quando uma folha de grafeno é enrolada, nascem os nanotubos de carbono. Mas desde 2006 já se sabia que o grafeno tinha propriedades ainda mais interessantes do que os nanotubos.[...]"
Nesta nova reportagem, o colunista da CH-on line Carlos Alberto dos Santos, Professor aposentado pelo Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul , conta como foi descoberto o grafeno, material que promete revolucionar a nanoeletrônica.
Vale a pena dar uma conferida!!
Para isso, clique em:
Do Laboratório para a Fábrica - Uma história de sorte e sagacidade
Uma boa leitura!!
E aqui faço uma observação à parte aos meus[as] queridos[as] alunos[as] dos 2ºs anos noturno do CPMG-AS, para uma leitura mais atenta que os demais!
Se vocês analisarem, um dos últimos assuntos que tratamos em sala de aula foi acerca de algumas unidades de medida para utilizarmos durante nossas atividades; e, no finalzinho da reportagem do Professor Carlos Alberto traz o seguinte: "Uma grande vantagem do grafeno em relação a seus “irmãos”, os nanotubos, é que ele pode ser manipulado com a mesma tecnologia atualmente utilizada para o silício. No final de 2008 a IBM anunciou a construção de um transistor de grafeno que opera na freqüência de 26 gigahertz, uma façanha extraordinária. Eles acreditam que poderão chegar à escala do terahertz. É o caminho para processadores com velocidades inimagináveis. "
Já pensaram?! TERAHERTZ?!?
o.0
Um ótimo final de semana a todos!!!

0 comentários:

Loading...